Arquivos da categoria : SQL


Delphi 2010 DBX com SQL Server 2008 3

Há alguns dias eu postei o artigo Configurando DBX para acessar o MS SQL Server 2000 e 2005 no Delphi 2010, hoje o Bob Swart postou em seu blog o artigo Delphi/C++Builder 2010 DBX4 and SQL Native Client sobre o mesmo assunto com um complemento explicando a solução para o erro:

“DBX Error: Driver could not be properly initialized. Client library may be missing, not installed properly, or of the wrong version.”

A solução para este erro é bem clara lendo esta mensagem, se você pretende se conectar ao SQL Server 2008, precisa instalar o cliente para 2008.

No site da Microsoft você encontra o download do cliente nativo para SQL Server 2008:


Visão Geral

O Feature Pack é uma coleção de pacotes de instalação autônoma que agregam valor ao SQL Server 2008. Ele inclui as últimas versões de:

  • Componentes redistribuíveis para SQL Server 2008.
  • Provedores complementares para SQL Server 2008.
  • Componentes de compatibilidade com versões anteriores para SQL Server 2008.


Pré-requisitos

Sistemas Operacionais com Suporte:

  • Windows Server 2003 Service Pack 2;
  • Windows Server 2008;
  • Windows Vista Service Pack 1;
  • Windows XP Service Pack 3;
  • Windows 7 Service Pack 1.


Atenção

Se você usar o SQL Server 2008 no Windows 7, você precisa instalar o Service Pack 1, caso contrário você pode encontrar erros de compatibilidade, como problemas de permissão e não ser possível alterar tabelas existentes.


Entendendo NULL 3

Algumas pessoas erroneamente tendem a pensar que NULL é zero ou vazio. Em fato, NULL não é nenhum destes. NULL é literalmente um valor desconhecido ou indeterminado.

O efeito desta natureza indeterminada de um valor NULL é que ele não pode ser usado em cálculos ou em Comparação.

A lista abaixo, contém algumas regras importantes a serem lembradas sobre o comportamento de valores NULL.

  • Um valor NULL não pode ser atribuído a uma coluna definida como NOT NULL
  • Valores NULL não são iguais. ?? um erro freqüente comparar duas colunas que contém NULL e esperar que os valores sejam iguais.
    (Uma coluna NULL pode ser identificada em cláusulas WHERE ou em expressão boleana usando frases como “value IS NULL” e “value IS NOT NULL”.)
  • Uma coluna contendo valor NULL é ignorada em cálculos de valores agregados como AVG, SUM ou MAX.
  • Quando colunas contendo valor NULL em uma condição GROUP BY de uma consulta, o resultado irá conter linhas para estes valores NULL.
  • JOIN entre tabelas, em que uma condição JOIN contém valores e outro contém NULL, são controlados pelas regras de “OUTER JOIN”.

Referências